quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

O MUNDO NÃO É UM CONTO DE FADAS!



Conheço pessoas absolutamente covardes, dessas que foram fabricadas com um único modo de funcionamento: O “previsível”. Elas não ousam, não arriscam e não fazem nada que não seja dentro dos limites da sua “zona de conforto”.
Fico imaginando se o mundo fosse habitado somente por pessoas desse tipo. Certamente nada teria mudado. A vida seria uma interminável mesmice. As mudanças só aconteceriam se houvesse uma ajuda da natureza.
Ainda bem que existem aqueles que vão à luta quando é preciso. Aqueles que conseguem enxergar além do seu campo de visão. Aqueles que são ousados, destemidos e corajosos. Este grupo de pessoas é que movimenta o mundo, empurrando-o pra frente, removendo os obstáculos e promovendo mudanças necessárias para a evolução da vida.
Certa ocasião, lendo “A grande Síntese” de Pietro Ubaldi, me deparei com uma frase que me faz refletir até os dias de hoje sobre o assunto acima citado. Não vou transcrever na íntegra porque não tenho o livro em minhas mãos, mas em outras palavras, dizia para não sermos ingênuos em pensar que grandes mudanças acontecem em tempos de paz! É sempre necessário uma “revolução” para que isto ocorra!
Confesso que fiquei um pouco chocada quando li estas palavras, principalmente porque o livro é de conteúdo espiritualista que prega a ética, a moral e os bons costumes. Mas depois de analisar os fatos ocorridos na história da humanidade, só me restou concordar. O fato de você ser um indivíduo pacífico, amoroso e coerente não significa que tenha que ser alienado dos problemas do mundo. E para que alguém seja sempre amável, agradável e simpático, é preciso se isolar da vida em sociedade e ficar abrigado em sua zona de conforto.
Viver em sociedade, em um sentido mais amplo, requer “dar a cara à tapa”. Afinal, você foi colocado no mundo pra “existir” e não pra ficar vivendo no seu mundinho colorido, dentro de um castelo dourado. Lute, brigue, discuta quando necessário! Não queira agradar todo mundo porque isto não vai acontecer. É justamente querendo agradar a todos que você encontrará inimigos. O lugar em cima do muro também não é muito cômodo, pois, um dia, quer você queira ou não, o muro virá abaixo e você se arrebenta com ele!
Joana D’arc perdeu a sua vida lutando pela pátria, Nelson Mandela amargou muitos anos na prisão por se atrever a lutar pela sua gente. Tenho muitos amigos que saíram de suas casas para viverem em países estrangeiros em busca de uma vida melhor. Lutaram, trabalharam, sofreram discriminações, sentiram saudades e, sobretudo conheceram a solidão, no entanto, venceram! Conseguiram dar um conforto para suas famílias e para eles mesmos. Tem mulheres que deixam seus casamentos por sofrerem abusos e maus tratos. Elas sofrem, passam necessidades, mas no final vem a recompensa, a paz de espírito e o sossego! Observe que toda mudança requer uma luta, mas “sem sacrifício não há recompensa”.
E então, você vai continuar reclamando da vida, do governo, do marido, dos filhos, daquele patrão que te humilha, sem mexer um fio de cabelo para que isso mude? Levante-se de sua cadeira macia, arme-se de coragem e vá à luta!!!
Seja você mesmo! Deixe as fantasias para o conto de fadas e viva a realidade, por mais dolorosa que seja! Lute pelos seus direitos e, lute principalmente pelos direitos do seu próximo, pois, se todos à sua volta estivem bem, você também estará! Nunca duvide disto!


Beijos e até mais!




Photobucket

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...