terça-feira, 16 de julho de 2013

EU E OS "ENTAS"


Estou entrando na casa do terceiro "enta"... Até que envelhecer não dói...Esta sendo bem melhor do que eu poderia imaginar. Depois de tanto tempo, de tantas buscas, encontros e desencontros, acho que o meu mais sincero desejo é me sentir confortável, o máximo que eu puder, estando na minha própria pele. É me sentir bem o suficiente para cada vez mais poder encarar os desconfortos todos fugindo cada vez menos. Agora eu sei que algumas coisas simplesmente são como são, e que eu não tenho nenhuma espécie de controle com relação ao que acontecerá comigo no tempo do parágrafo seguinte, da frase seguinte, da palavra seguinte. Mas também sei que tudo o que me acontecer é apenas consequência daquilo que penso, que acredito e que faço, portanto, cuido cada vez mais do meu dia à dia...Quero me sentir confortável o suficiente para caminhar pela vida com um olhar que não envelhece, por mais que meu corpo envelheça, quero uma mente jovem e um coração corajoso, carregado de sonhos e de esperança. 
Não quero ser uma velha amarga que não vê mais nenhum sentido na vida, e que  olha para as pessoas com cuidado e desconfiança. Que não tenha mais vontade de me divertir, de jogar conversa fora, de beber uma taça de vinho, de ler um bom livro e de ver um filme emocionante... Quando tudo isto já não fizer mais parte da minha vida e meu querer... Despeço-me e vou saindo de mansinho para alçar outros planos, pois, aqui...aqui é lugar para se viver e não para morrer em vida!

Beijos carinhosos
Marineide Dan Ribeiro
Photobucket
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...